Embalagens


Objetivos da embalagem

A embalagem de transporte é fundamental para proteger o produto que será transportado. Ela pode ter diversos tamanhos e formatos e pode ser feita de tipos diferentes de materiais. E isso tudo deve ser levado em conta para proteger a carga contra avaria e também contra perecimento, roubo, contaminação, entre outros.

Proteção das embalagens

As embalagens podem ser protegidas com a utilização de filmes shrink ou stretch e também com o uso de fitas simples de plástico ou metal passadas em volta da pilha. A proteção também pode ser feita por paletização ou unitização em containers.

Fatores que podem afetar as embalagens

As embalagens podem ser afetadas, de diversas maneiras, pelos movimentos de embarque, de desembarque e pelo próprio transporte. É necessário notar ainda que, no transporte internacional, a carga poderá sofrer variações climáticas, por vibrações, entre outros. No Transporte Marítimo, por exemplo, poderá sofrer os movimentos de balança, arfagem e cabeceio.

Mercadorias perigosas

A embalagem das mercadorias perigosas deve ser apropriada para o transporte. Esse tipo de transporte é regulado pelos seguintes órgãos:

Marítimo: Internacional Maritime Dangerous Goods Code, do IMO;

Aéreo: Dangerous Goods Regulations, da Iata;

Simbologia e identificação

A marcação de volumes é a identificação das mercadorias e do lote a ser embarcado. É interessante que os volumes também sejam numerados. Isso permite a individualização da carga e garante uma maior segurança no transporte.

Outro ponto importante é a identificação dos pesos de cada volume. Todos os volumes devem ser identificados, com etiquetas apropriadas, quanto a sua periculosidade. Também devem ser identificadas para manuseio quanto a sua condição de carga frágil, etc.