Exigência de certificação de peso bruto dos containers.

26/04/2016 19:36:30

A partir de 1 de Julho de 2016, de acordo com a regulamentação da Organização Marítima Internacional (IMO - International Maritime Organization), requer que seja verificado a massa bruta do container estufado antes do embarque no navio.

Dessa forma está proibido o envio de containers estufados com a ausência de sua massa bruta verificada (VGM – Verified Gross Mass - Massa bruta verificada). Isso se aplica a todos os containers estufados que forem carregados em um navio sobre o regime de SOLAS (Safety of Life at Sea - Convenção de Segurança da Vida no Mar) em tráfego marítimo internacional.

Essa regulamentação aumentará significativamente a segurança e a qualidade para todos os envolvidos na cadeia de suprimentos do transporte internacional.

Os detalhes de VGM devem ser enviados ao Armador anteriormente ao carregamento do navio. A responsabilidade de obter e informar a massa bruta devidamente verificada pertence ao Embarcador.

As regras SOLAS prescrevem dois métodos pelos quais o embarcador pode obter o peso de um container estufado.

1. O Embarcador deve pesar o container estufado e lacrado usando um equipamento calibrado e certificado.

2. O Embarcador deve adicionar o peso de cada embalagem estufada no container, adicionar o material de embalagem e adicionar o peso tara do container utilizado. A metodologia deve ser certificado e aprovada por um órgão nacional.

 

Para maiores informações sobre a regulamentação consultar o site abaixo:

http://www.worldshipping.org/industry-issues/safety/cargo-weight


Compartilhe

Twitter Facebook Google+ LinkedIn